COOPERAÇÃO E MOBILIDADE INTERNACIONAL

Cooperação internacional não enquadrada no Programa Erasmus+

O IPP tem protocolos e convénios assinados com diversas instituições de vários países, que prevêm o intercâmbio de estudantes, docentes e não docentes, além do desenvolvimento de projetos de cooperação e/ou investigação conjuntos.

Destacam-se os acordos de dupla titulação já em vigor com instituições do Brasil, que permitem aos estudantes selecionados obter um diploma do IPP e outro da respetiva instituição.
Os acordos de dupla titulação em vigor são os seguintes:

Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
•    Gestão/Administração/
•    Comunicação Organizacional
•    Tecnologia de Valorização Ambiental e Produção de Energia/Energia Ambiental 

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca do Rio de Janeiro (CEFET/RJ)
•    Tecnologia de Valorização Ambiental e Produção de Energia/Engenharia Mecânica
•    Gestão/Administração

Universidade Federal de Itajubá
•    Tecnologia de Valorização Ambiental e Produção de Energia/Engenharia de Energia

Por outro lado, os estudantes que frequentam as instituições com as quais existe um protocolo ou convénio de mobilidade, poderão candidatar-se à frequência de um período de estudos, normalmente com a duração de um semestre académico. Também é possível a mobilidade de pessoal docente e não docente das instituições parceiras para o IPP, para missões de ensino ou de formação.

Havendo disponibilidade de fundos, este tipo de mobilidade está, igualmente, aberto aos estudantes, pessoal docente e não docente do IPP para as referidas instituições .
A seleção dos beneficiários da mobilidade é feita pela respetiva instituição de origem.

A lista de instituições parceiras do IPP para a mobilidade de estudantes, docentes e não docentes está disponível para consulta aqui.

 


Consulte também:

Oportunidades de Mobilidade e de Cooperação
Programa Erasmus+
Outras Informações